29 março 2014

As Cotas Raciais Petistas Avançam na Câmara dos Deputados

Hoje, a Câmara dos Deputados aprovou a cota de 20% para negros em concursos públicos. Isso foi algo bom para o Brasil? O Brasil será mais justo depois disso? Vejamos os casos da África do Sul e dos Estados Unidos onde ela foi aplicada e onde os resultados observados não foram tão bons.

Se olharmos para a África do Sul podemos ver que apesar de políticas bastante agressivas para beneficiar negros, a desigualdade do país aumentou de 0,57 para 0,70 em termos de coeficiente de Gini como foi dito pelo ex-presidente Frederick De Klerk que entregou o poder à Mandela (link). Podemos concluir a partir desse caso que esse tipo de política de cotas não melhora distribuição de renda. Temos ainda uma escalada de violência.

Outro caso interessante, também nesse sentido, é o dos Estados Unidos que há décadas adota a política de cotas raciais também sem grandes resultados em distribuição de renda. Hoje, o nível de concentração de renda dos Estados Unidos voltou a níveis da década de 1920. De fato, os autores do livro Freakanomics levantavam a hipótese de que a política de cotas raciais foi obliterada pela devastação causada pelo crack nas comunidades negras. E, os negros continuam sendo a maioria da população carcerária americana (link).

Se a experiência internacional é algo no mínimo discutível, então porque aplicar essa política no Brasil? O professor Demétrio Magnoli argumenta que a colocação desse tipo de questão é em si negativo, pois automaticamente discrimina as pessoas a partir da raça, o que é em última análise o próprio racismo (link).

Uma coisa é certa. Existiu a escravidão no Brasil e ela deixou marcas, entre elas o racismo, mas não me parece ser esse o caminho para a reparação das seqüelas deixadas pela escravidão. A falta de uma relação positiva com o trabalho, com o esforço, com a ética, com o fazer com as próprias mãos foram as maiores seqüelas da escravidão na minha opinião. Se conseguíssemos criar uma sociedade mais ética, com valores de trabalho, de mérito e de esforço nos desenvolveríamos enquanto que a política de cotas raciais, em si, não me parece ter esse potencial.

De fato, ainda temos o lado negativo, que é fomentar a separação das pessoas em raça, criar uma clientela racista, alimentar uma política racista, um discurso de ódio e eleger parlamentares petistas por causa da cor da sua pele. Como isso pode ser bom para o Brasil?

2 comentários:

Sinm Rodrigues disse...

Boa tarde , vi o seu blog e estou oferecendo um blog moderno com dominio personalizado gratuitamente . gostaria de falar sobre isso com você ser for possível , tem interesse?

Sinm Rodrigues disse...

Boa tarde , vi o seu blog e estou oferecendo um blog moderno com dominio personalizado gratuitamente . gostaria de falar sobre isso com você ser for possível , tem interesse?
sinmrod@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...