30 maio 2012

A Conversa de Lula e Gilmar Mendes

Eu tenho não um mas vários amigos petistas. Tem um, em particular, que se não fosse petista seria flamenguista, tamanha a paixão dele pelo Partido. Mas isto tudo é culpa dos pais dele que, ao invés de o levarem para assistir a partidas de futebol, o levavam para bandeirar pelo partido. O resultado disto é que ele torce pelo partido com a paixão de quem torce pelo seu time de futebol preferido.

Caí na tentação de comentar a conversa pouco republicana que o Lula teve com um membro da Corte Suprema. Verdade seja dita. Em um país onde um líder partidário tenta intimidar um membro da mais alta corte é um país que não têm mais muitos limites a serem ultrapassados. Enfim, se os caras têm a banca de intimidar até o Supremo, o que eles não fariam pelo poder? Bem, o caso Celso Daniel mostra até onde eles são capazes de ir.

Meu amigo ficou indignadíssimo. Disse que é mais uma armação da Veja, do Gilmar Mendes e da oposição. Não adiantou eu dizer para ele que pelas regras democráticas isto seria pênalti com direito a ida para o banco. Aliás, nem assino Veja. Quando leio é esperando o dentista e nestas ocasiões ainda dou preferência para a Caras. Agora é como diz a piada, a Veja é do PSDB, a Carta Capital do PT e a Istoé de quem pagar mais. Assim, cada um pode democraticamente escolher a notícia que lhe agrada. Pelo menos por enquanto.

A ameaça não tão oculta assim do Lula seria expor a relação de Gilmar Mendes com o Demóstenes Torres e por tabela com o contraventor Carlinhos Cachoeira. Bem, a CPI do Cachoeira é para isto mesmo. Para intimidar a oposição ou o que resta dela. Acho que hoje o governo controla 80% do Congresso e ainda dá porrada nos 20% restantes para eles ficarem quietos. Pessoalmente, sou contra bullying. Acho falta de caráter, coisa de gente covarde.

O resultado disto é que no Brasil roubar até compensa, o que não compensa é ser da oposição. A vantagem deste assédio do governo é que provavelmente todos os ladrões que ainda não entraram para sua base irão fazê-lo em breve, caso contrário a Polícia Federal, com ou sem Paulo Lacerda, irá atrás do infeliz.

Outra lição que tiro desta história é pedagógica. É melhor levar o filho para assistir a um jogo de futebol do que alimentar paixões partidárias. O estádio parece ser um bom lugar para a paixão até um certo limite. Se o moleque tiver inclinação para a política é melhor dar uma educação moral e intelectual para ele. Assim, o país se beneficia.

Agora veremos se o Supremo terá a coragem ou a vontade de julgar o Mensalão, mesmo que os acusados no processo sejam da turma que está hoje no Palácio do Planalto. No Brasil, sempre valeu a máxima: para os amigos, tudo, para os inimigos, a lei. Se for assim, os acusados da CPI do Cachoeira serão condenados e os do Mensalão absolvidos, se um dia forem julgados.

9 comentários:

Anônimo disse...

Muita clarividência sua, Jorge. Parabéns.

Mauro Oliveira

zefirosblog disse...

Diria que no Brasil a máxima é para os amigos tudo, para os indiferentes a lei e aos inimigos a humilhação e morte cruel...

Aliás, pedindo perdão pelo trocadilho,por aqui ver a Lei aplicada em seu favor é quase como um favor...

Observador disse...

Vá em frente Collor! Um dia, ao ser expulso do Planalto, saiu com a cabeça erguida, cumprindo aquilo que foi determinado no Congresso. Hoje quero ver o mesmo Congresso agindo com a população, com a Democracia, não com a democracia minúscula de uma quadrilha do tipo Cachoeira/DEMostenes/Veja-ABRIL.

Observador disse...

Um dia Policarpo Junior passeando pelas cataratas do Iguaçu, seu filho lhe disse:
-Papai, Veja a Cachoeira...
Ele responde, - O farol de Alexandria esta sinalizando, vamos pegar o meu Gurgel, subir a serra, e vamos embora.....

Observador disse...

Fico imaginando se o Perillo fosse vinculado ao PT. Já teria virado capa da Veja há muito tempo e cercado de fezes boiando em sua volta. Igualmente a grotesca figura do Procurador (procura mas não acha), fosse simpatizante do Partido dos Trabalhadore ou de algum outro da base do governo, já teria merecido igual destino.

Observador disse...

O país precida de uma lei que quebre o monopólio da mídia, não é possível mais 4 famílias deter a informação de 190 milhões de habitantes.

Está explícito na gravação que o bicheiro era uma espécie de chefe de redação da revista descidindo o que era publicado e em qual coluna do semanário.

Anônimo disse...

Querido Anônimo,

Suponho que vc faça parte da trupe convocada pelo Rui Falsão...tsc,tsc,tsc,...

Seus comentários são ridiculos...É aquela coisa...Não resolva o problema, mate o mensageiro.

Não combata a corrupção, vamos acabar com a imprensa...

Parabéns...o Rui vai ficar feliz. Aliás, digo mais vai ler a tua Carta Capital e deixa os outros lerem o que lhes aprouver...

Anônimo disse...

Observador...

Se vc quer o Perillo na capa é só comprar a Carta Capital ou outra publicação chapa branca.

Anônimo disse...

NADA HAVER BIN LADEN COM ROUPA DO MENGO NUM POST SOBRE LULA E GILMAR MENDES. VCS SÃO UNS SEM NOÇÃO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...